PERFIL MICROBIOLÓGICO DE QUINDINS

Tatiana Lang D’Agostini, Sarah Pigato Canova

Resumo


Quindim é um doce tipicamente brasileiro e por ser um alimento que exige preparação manual, há fatores que contribuem para a sua contaminação por micro-organismos patogênicos. As doenças transmitidas por alimentos (DTA’s) são ocasionadas por micro-organismos capazes de gerar infecções alimentares e intoxicações alimentares, apresentam um quadro clínico bem característico, determinado por manifestações gastro intestinais como diarréia, dor abdominal, náuseas, vômitos, acompanhados de febre. O objetivo deste estudo é detectar micro-organismos em quindins, de acordo com as normas estabelecidas pela RDC nº 12 da ANVISA. Foram analisadas 10 amostras de 4 estabelecimentos diferentes, pelos métodos de identificação microbiológica e bioquímica. Os testes apresentaram-se positivos para Salmonella spp., Staphylococcus aureus, Bacillus cereus e Escherichia coli. Com isto, conclui-se que os quindins encontravam-se impróprios para consumo. Portanto, a análise microbiológica dos alimentos e o controle de qualidade se fazem necessários, desde a manipulação, armazenamento, exposição e o cuidado higiênico sanitário até a ingestão do alimento pelo consumidor final, a fim de se evitar infecções e intoxicações associadas à micro-organismos patogênicos.


Palavras-chave


Intoxicação e Infecção alimentar; Doenças transmitidas por alimentos (DTA´s); Doces a base de ovos.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Tatiana Lang D’Agostini, Sarah Pigato Canova

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

 

 

Indexadores: Sumários.org | Diadorim | REDIB | LATINDEX