Análise e identificação de corpos carbonizados através de técnicas forenses

LARISSA MAIA LOPEZ, CHARLOTTE CESTY BORDA DE SAENZ, Rogeria Maria Ventura

Resumo


Este trabalho tem o intuito de explicar como é realizada, em corpos carbonizados, a identificação através das técnicas forense que utiliza DNA como prova para obtenção desta identificação, também esclarecer como é feita a análise das lesões provocadas pela morte por queimaduras. Usando uma técnica realizada em laboratório de biologia molecular, que usam diversos tipos de tecidos ou fluidos fonte de DNA, podem-se identificar indivíduos ou ajudar a Justiça, na identificação de criminosos, através da Análise Polimórfica do DNA. Além disso, este artigo relata casos que utilizaram a técnica de biologia molecular para identificar indivíduos.

Palavras-chave


carbonização, DNA, identificação humana, polimorfismo

Texto completo:

PDF

Referências


Veríssimo LS, Silva HRC, Correia SC, Silva LM, Elias RM. Análises dos perfis genéticos de corpos humanos carbonizados recebidos pela Politec de Cuiabá no ano de 2014. In: Anais do Congresso Nacional de Iniciação Científica; 2015 nov 27-28; Ribeirão Preto, BR: Sindicato das Mantenedoras do Ensino Superior; 2015.

Queiroz PR, Kenio CL, Alcântara IC. Prevalência e fatores associados a queimaduras de terceiro grau no município de Natal, RN - Brasil. Rev Bras Queimaduras. 2013; 3(12):169-176.

Freitas MC, Mendes MMR. Idoso vítima de queimaduras: identificação do diagnóstico e proposta de intervenção de enfermagem. REBEN. 2006; 59(3):362-366.

Soares ATC, Guimarães MA. Dois anos de antropologia forense no centro de medicina legal (CEMEL) da faculdade de medicina de ribeirão preto – USP. In: Anais do simpósio de medicina legal; 2008 jan/mar 7-11; Ribeirão Preto, BR: Antropologia Forense no CEMEL; 2008.

Lima LO. Utilização dos polimorfismos em análises forenses [Internet]. [acesso em 05 Ago 2015]. Disponível em: www.academia.edu/6598269/UTILIZA%C3%87%C3%83O_DOS_POLIMORFISMOS_EM_AN%C3%81LISES_FORENSES

Koch A, Andrade FM. A utilização de técnicas de biologia molecular na genética forense: Uma Revisão. RBCA. 2008; 40(1):163-8.

Barbosa CA, Faria RA, Malaghini M, Nogozzeky KA. Aplicação de mini -STRs non-codis na casuística forense. In: Anais do XXIV congresso brasileiro em engenharia biomédica; 2014 out 13-17; Foz do Iguaçu, BR: Cbeb; 2014.

Pereira EMC, Dutra FC, Lonien SCH. A dieta enteral na reabilitação e cicatrização do paciente queimado [Internet]. [acesso em 2016 Out 30]. Disponível em: www.inesul.edu.br/revista/arquivos/arq-idvol_14_1310159642.pdf

Gomes DR, Serra MC, Pellon MA. Queimaduras. 3 ed. Rio de Janeiro: Revinter; 1995. 306p.

Fernandes LS. O papel do DNA na identificação de corpos carbonizados [monografia]. São Paulo: UNIFMU; 2003.

Biomedicina dinâmica. O que fazer em caso de Queimadura? [Internet]. 2015. [acesso em 2016 Nov 19]. Disponível em: biomedicinadinamica.blogspot.com.br/search?q=queimaduras

Maia A, Mesquita J. Empresário é morto á tiro tem seu corpo carbonizado [Internet]. Rondon do Pará; 2015. [acesso em 2016 Jun 11]. Disponível em: portalplantaopolicial.com.br/noticias/empresario-e-morto-a-tiros-e-tem-seu-corpo-carbonizado

Alves V. Corpo de homem é encontrado parcialmente carbonizado em estrada de MT [Internet]. 2015. [acesso em 2015 Jun 11]. Disponível em: olhardireto.com.br/noticias/exibir.asp?noticia=Corpo_de_homem_e_encontrado_parcialmente_carbonizado&id=366283

Gonçalo C. Antropologia forense: sucessos e limites de uma ciência forense. [Internet]. 2012. [acesso em 2016 Ago 05]. Disponível em: segurancaecienciasforenses.com/2012/12/27/antropologia-forense-sucessos-e-limites-de-uma-ciencia-forense/

Equipa de investigação. Antropologia forense – Parte I [Internet]. São Paulo; 2009. [acesso em 2016 Out 17]. Disponível em : dizqueeumaespeciedecsi.blogspot.com.br/2009/01/antropologia-forense-parte-i.html

Velho JA, Geiser GC. Ciências forenses. 2 ed. Campinas: Millennium; 2013. 470 p.

Araujo LLG, Biancalana, RC, Terada, ASSD, Paranhos LR, Machado EPM, Silva HA. A identificação humana de vítimas de desastres em massa: a importância e o papel da Odontologia Legal. RFO. 2014; 18(2):224-229.

Cortez V. Análises físico - químicas em Odontologia Forense [Internet]. 2015. [acesso em 2015 Jun 11]. Disponível em: www.olhardireto.com.br/noticias/exibir.asp?noticia=Corpo_de_homem_e_encontrado_parcialmente_carbonizado&id=366283

Moreti T. Identificação humana: Uma proposta metodológica para obtenção de DNA de ossos e implementação de banco de dados de frequências alélicas de STRs autossômicos na população de Santa Catarina [monografia]. Florianópolis: Universidade Federal de Santa Catarina; 2009.

Raposo B, Monteiro J, Cintrão N, Pereira T. Genética: Forense [Internet]. [acesso em 2016 Out 30]. Disponível em: genetica-humana.blogspot.com.br/p/genetica-forense.html

Castro RCB. O que são polimorfismos e qual a sua relação com a nutrigenética. [Internet]. 2013. [acesso em 2016 nov 2016]. Disponível em: www.nutritotal.com.br/mod/pergres/view.php?id=13634

Campos JO. A utilização de marcadores moleculares aplicados na identificação humana [monografia]. Brasília: Centro de Ensino Unificado de Brasília; 2015.

Agostinho LA, Paradela ER, Paiva CLA, Figueiredo AL. Construção de sistema multiplex utilizando cinco marcadores genéticos do tipo mini-STR (Short – Amplicons) para identificação humana por análise de DNA. Revista Científica de FAMINAS. 2011; 7(3):11-41.

Gutiérrez D, Santos CP. STRs [Internet]. [acesso em 2016 Nov 19]. Disponível em : forensemolecular.es.tl/STRs.htm.

Abbasi AMSSAKS. Sequence homology and SNP detection in Abiotic Stress responsive genes in Rice (guide-priyaranjan – Kumar) [Internet]. [acesso em 2016 Out 17]. Disponível em : www.emaze.com/@AORTFFOQ/SEQUENCE-HOMOLOGY-AND-SNP-DETECTION-IN-ABIOTIC-STRESS.pptx

Góes CDS. Análise de regiões polimórficas do DNA com o objetivo de estabelecer vínculos genéticos, identificar restos mortais ou realizar pericias criminais [Internet]. 2010 [acesso em 2016 Nov 08]. Disponível em: www.crbm1.gov.br/bio65/artigocien_65.asp


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 LARISSA MAIA LOPEZ, CHARLOTTE CESTY BORDA DE SAENZ, Rogeria Maria Ventura

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

 

 

Indexadores: Sumários.org | Diadorim | REDIB | LATINDEX