Atas de Saúde Ambiental - ASA

O periódico Atas de Saúde Ambiental - ASA, ISSN 2357-7614, é uma iniciativa do corpo docente do Curso de Mestrado Profissional em Saúde Ambiental das Faculdades Metropolitanas Unidas – FMU, com interesse multidisciplinar nas áreas diversas que compõem a temática central do Curso: Saúde e Ambiente.

A ASA tem como alicerce seu Corpo Editorial, composto por renomados pesquisadores e docentes de diversas instituições nacionais e internacionais, que conferem a esta credibilidade e ausência de endogenia.

O projeto editorial da revista surgiu com o objetivo de disponibilizar, por meio de um veículo de comunicação digital e de livre acesso,  resultados de pesquisa de qualidade e excelência à comunidade acadêmica e profissional,  abrindo um canal de discussão sobre questões atuais e emergentes, adotando como postura estratégica uma plataforma interdisciplinar envolvendo as seguintes áreas de interesse, mas não exclusivas:

  • Ambiência aplicada à produtividade;
  • Bem-estar animal;
  • Biotecnologia;
  • Educação em saúde;
  • Gerenciamento de resíduos;
  • Gestão ambiental;
  • Hidrobiologia;
  • Inovação tecnológica;
  • Investigações epidemiológicas;
  • Manejo e proteção dos recursos naturais;
  • Manejo produtivo sustentável;
  • Mudanças climáticas;
  • Perícia ambiental;
  • Produção de alimentos;
  • Rastreabilidade na cadeia produtiva;
  • Responsabilidade jurídica vinculada à saúde;
  • Segurança dos alimentos e saúde da população;
  • Sustentabilidade;
  • Tecnologias limpas de produção;
  • Tutela jurídica do meio ambiente.

Para atingir os objetivos de sua proposta, a política editoral da ASA visa a indexação e o registro desta nas bibliotecas e diretórios digitais, investindo continuamente no aprimoramento da qualidade de seus procedimentos editoriais. A revista publica artigos completos, revisão, nota técnica e comunicação, em Inglês, Português ou Espanhol, com sistema de avaliação por pares (Double Blind Reviwers), preservando a identidade de autores e avaliadores e garantindo assim, a impessoalidade e o rigor científico necessários para a avaliação de um artigo.

A ASA opera sobre a plataforma Open Journal System (OJS), conhecida na comunidade científica brasileira como Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas – SEER, operado pelo Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia – IBICT e recomendado pela Coordenadoria de Apoio ao Pessoal de Ensino Superior – CAPES, o que confere ao sistema de editoração maior eficiência e transparência.

 


v. 3, n. 3 (2015)


Capa da revista