PRESÍDIO DA POLÍCIA MILITAR “ROMÃO GOMES” A RESSOCIALIZAÇÃO COM DIGNIDADE DO REEDUCANDO

Marco Antonio Basso, Alexandre Magno de Jesus Ferraz

Resumo


A excelência do tratamento condigno da

pessoa humana do preso policial militar, do

Estado de São Paulo, no Presídio da Polícia

Militar “Romão Gomes”, certo do

cumprimento dos dispositivos constitucionais

e outras normas de Execução Penal, aplicadas

nele para o policial militar e ex-policial

militar, que ao longo dos tempos fez deste

presídio um modelo carcerário dentre outros

estabelecimentos prisionais, obtendo a

Certificação ISO 9001:2000. Inicia-se com o

histórico da criação e instituição de Presídio

no Brasil e o Presídio da Polícia Militar

“Romão Gomes”, em 1927, com a

denominação em homenagem ao Coronel Dr.

Romão Gomes, o primeiro militar Juiz do

Tribunal de Justiça Militar do Estado de São

Paulo. Esclareceremos os institutos penais

aplicados, bem como as atividades

laborterápicas para a ressocialização. Os

resultados estão claros no cotidiano

Castrense, mas nem tanto para a sociedade

civil.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


FMU DIREITO - Revista Eletrônica   ISSN 2316-1515


Diretórios e Indexadores: