A formação da demanda em empresas farmacêuticas: quais as fontes de informações e seus conflitos?

Antonio Jose Diz, Daielly Melina Nassif Mantovani, Alessandro Marco Rosini

Resumo


Esse estudo avalia a importância do processo de comunicação e alinhamento existente nas organizações que buscam melhor desempenho organizacional no gerenciamento de processos de Previsão de Demanda por meio da análise de informações, suas fontes e seus conflitos com a implementação do processo de Governança Corporativa em indústrias do mercado farmacêutico que buscam ofertar seus produtos no canal público, observando-se as dificuldades internas associadas a questões que envolvem a troca de informações entre as áreas administrativa, produtiva e econômica, na gestão da cadeia de suprimentos, planejamento de venda e seus resultados vividos pelas empresas. Utilizou-se como metodologia um estudo de caso observacional, descritivo, com documentação direta. Como contribuição do estudo, o mesmo busca compreender os benefícios que podem ser oferecidos à sociedade, representados ou caracterizados pelo aumento dos níveis de acurácia da previsão de demanda (previsão versus real), elevação nos níveis de serviço ofertados ao mercado, manutenção dos níveis de estoque de segurança nas metas estipuladas e a redução das perdas por expiração da validade dos lotes ou redução de pedidos não atendidos por falta de suprimentos. Dessa forma, esse estudo contribui para as operações sustentáveis nas empresas farmacêuticas.


Palavras-chave


Demanda; Comunicação; Alinhamento; Conflitos; Farmacêutica.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Indexadores: