Fatores competitivos na implementação de sistemas ERP: estudo de caso de uma empresa de geradores elétricos / Competitive factors in ERP system implementation: a case study of a company of electric generators

Emerson Luiz Prado, Paula Meyer Soares Passanezi

Resumo


A crescente globalização dos mercados e o aumento da competitividade tem exigido a utilização adequada das informações gerenciais no processo decisório das empresas. O ERP, Enterprise Resource Planning, é um sistema integrado de informações amplamente utilizado pelos gerentes em seus processos decisórios A eficácia de uma tomada de decisão mede-se pelos resultados alcançados pela mesma. A utilização equivocada das informações gerenciais causa problemas com as estratégias da organização Este estudo de caso exploratório realizado na empresa Stemac S/A Grupos Geradores tem como objetivo analisar as vantagens e desvantagens do sistema ERP e compara-las as reais necessidades da companhia. Os objetivos específicos compreendem: identificar quais os benefícios gerados com a utilização do ERP na empresa, a sua relação com os custos, elencar as melhorias ocorridas ou não nas etapas de produção e os efeitos na qualidade e produtividade da empresa.  Os resultados do estudo mostram que os benefícios alcançados foram à de melhora significativa nas operações de fábrica e tomadas de decisão, apresentando aumento de produção com índice de assertividade de produtos sem retrabalho na linha de produção, redução dos custos dos estoques e melhoraria na qualidade dos produtos na indústria.


Palavras-chave


Sistemas ERP; Vantagens; Desvantagens; Qualidade

Texto completo:

PDF

Referências


Bertaglia, P. R. (2003). Logística e Gerenciamento da Cadeia de Suprimentos. São Paulo: Editora Saraiva.

Borges, T. N., Parisi, C. & Gil, A. L. (2005). O Controller como gestor da Tecnologia da Informação - realidade ou ficção? Revista da Administração Contemporânea, São Paulo, 9(4), 119-140.

Fedichina, M. A. H. (2003) Fatores críticos de sucesso em implantação de sistemas ERP: um estudo exploratório. Dissertação de Mestrado. Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. São Paulo.

Laudon, K. C., & Laudon, J. P. (2007). Sistemas de Informação Gerenciais (7ª ed.). São Paulo: Pearson Prentice Hall.

Lakatos, E. M., & Marconi, M. A. (2001). Metodologia científica. São Paulo: Atlas.

Porter, M. E. (1986). Estratégia competitiva: técnicas para análise de indústrias e da concorrência. Rio de Janeiro: Campus.

Rezende, A. (2002). Tecnologia da informação integrada à inteligência empresarial: alinhamento estratégico e análise da prática nas organizações. São Paulo: Atlas.

Souza, C. A., & Zwicker, R. (2000) Ciclo de vida de sistemas ERP. Caderno de Pesquisa em Administração. V. 1, n. 11, p. 46-57.

Souza, C. A., & Saccol A. Z. (2003). Sistemas ERP no Brasil: teoria e casos. São Paulo: Atlas.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista Metropolitana de Sustentabilidade - ISSN  2318-3233


 

 Impact Factor 1,362 - year 2015

  

 Quality Factor 2,000 - year 2015