A responsabilidade social corporativa no contexto de micros e pequenas empresas / Corporate social responsibility in the context of micros and small business

Davi Lucas Arruda de Araújo, Laura Melo Miranda, Laís Duarte Vieira, Regina da Silva Ornellas

Resumo


Este trabalho tem o objetivo de contextualizar a responsabilidade social corporativa aplicada nas micros e pequenas empresas da cidade de Maceió, onde é analisado quais os benefícios de uma organização com pouco espaço de mercado em nível nacional ao realizar um projeto englobando os aspectos da responsabilidade social corporativa. E tornar-se referência na cidade que está inserida, além disso, passando a ter pelos seus clientes um novo conceito. Serão analisados aspectos estratégicos de uma política de RSC juntamente com uma análise de itens que incidem diretamente no cotidiano das organizações.


Palavras-chave


Organizações; Benefícios; Projetos.

Texto completo:

PDF

Referências


Acevedo, C. R.; Nohara, J. J. & Primolan, L. V. (2007). Influência da responsabilidade social

corporativa na decisão de compra do consumidor. Anais do Seminários em Administração. São Paulo, SP, Brasil, 10.

Ashley, P. A. (2002). Ética e responsabilidade social nos negócios. São Paulo, SP: Saraiva.

Belizário, F. B. (2006). O lugar da comunicação no discurso da responsabilidade social: entre o cinismo e a alienação. UNIrevista, 1(3), 1-16.

Global Compact. (2007). What is the UN Global Compact? Recuperado em 8 fevereiro, 2007, de http://www.unglobalcompact.org

Godoy, A. S. (2006). Estudo de caso qualitativo. In Silva, A. B., Godoi, C. K., Bandeira-Mello, R. (orgs.). Pesquisa qualitativa em estudos organizacionais: paradigmas, estratégias e método. São Paulo, SP: Saraiva, 115-146.

Holliday, C.O., Schmidheiny, S., & Watts, P., (2002). Cumprindo o Prometido: casos de sucesso de desenvolvimento sustentável (1ª Ed.). Rio de Janeiro, RJ: Campus.

ETHOS. (2009). INSTITUTO ETHOS. Recuperado 13 em dezembro, 2009, de

http://www.ethos.org.br/DesktopDefault.aspx?TabID=3344&Alias=Ethos&Lang=pt-BR

Kraemer, M. E. P. (2004). A busca de estratégias competitivas através da gestão ambiental.

Recuperado em 18 abril, 2010, de http://www.gestiopolis.com/recursos3/docs/ger/vencompgesamb.htm

Kroetz, C. E. S. (2000). Balanço social: teoria e prática. São Paulo, SP: Atlas.

Kotler, P. (2000). Administração de marketing: a edição do novo milênio. São Paulo, SP: Prentice Hall.

Melo Neto, F. P., & Froes, C. (2001). Responsabilidade Social & Cidadania Empresarial – A

Administração do Terceiro Setor (2ª. Ed.). Rio de Janeiro, RJ: Qualitymark.

Melo Neto, F.P., & Froes, C. (1999). Gestão da Responsabilidade Social Corporativa: o caso brasileiro da filantropia tradicional à filantropia de alto rendimento e ao empreendedorismo social. Rio de Janeiro, RJ: Qualitymark.

Merriam, S. B. (1998). Qualitative research and case study applications in education (2 a ed.). San Francisco, USA: Jossey Bass.

ETHOS (2002). Responsabilidade social das empresas: a contribuição das universidades. São Paulo, SP: Petrópolis.

Passos, E. (2004). Ética nas organizações. São Paulo, SP: Atlas.

Projectsigma. (1999). Sigma Guide To Sustainability Issues 1999. Recuperado em abril, 2010, de http://www.projectsigma.co.uk/Toolkit/SustainabilityIssuesGuide.pdf

Rynes, S., & Gephart Junior, R. P. (2004). From the editors: qualitative research and the Academy of Management Journal. Academy of Management Journal, 47(4), 454-461.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista Metropolitana de Sustentabilidade - ISSN  2318-3233


 

 Impact Factor 1,362 - year 2015

  

 Quality Factor 2,000 - year 2015