ECONOMIA MORAL E CERTIFICAÇÃO FLORESTAL - ANÁLISE SISTEMÁTICA DA PERCEPÇÃO DO CONSUMIDOR FINAL/ Moral economy and forest certification - systematic review of the final consumer perception

Gustavo Leonardo Simão, Fabiano Luiz da Silva, Ana Cláudia Azevedo, Luiz Marcelo Antonialli

Resumo


O artigo buscou analisar a percepção do consumidor final em relação à certificação florestal. A pesquisa foi realizada através de uma análise sistemática do tipo integrativa contextualista, onde foram identificadas informações acerca do reconhecimento do consumidor final em relação ao processo de certificação florestal em sete distintos países. Os resultados evidenciaram que apenas uma pequena parcela do mercado consumidor tem ciência do processo de certificação no setor florestal, inclusive em regiões economicamente desenvolvidas. Concluí-se que um dos possíveis motivos pelo incremento do número da produção florestal certificada nos últimos anos seja menos por uma exigência do mercado consumidor final, e mais por uma garantia de boa procedência do produto junto aos atores intermediários da cadeia de valor florestal. Há também a possibilidade da exigência de certificação, por parte dos agentes intermediários da cadeia produtiva florestal, figurar como barreira não tarifária. Ademais, infere-se que o foco das ações de marketing para uma melhor eficácia, além de focar suas ações no consumidor final, no âmbito da certificação florestal, devam também voltar-se aos agentes intermediários.   


Palavras-chave


análise sistemática; certificação florestal; marketing verde; mercado consumidor

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista Metropolitana de Sustentabilidade - ISSN  2318-3233


 

 Impact Factor 1,362 - year 2015

  

 Quality Factor 2,000 - year 2015